domingo, 28 de fevereiro de 2010

Post da tanga

Aproveitando os 10 últimos minutos da minha capacidade de verbalização (enquanto não mando pro bucho qualquer coisa que me faça dormir, que o meu João Pestana deve andar emigrado) lembrei-me de um tema_estúpido_ que era capaz de dar um post engraçado. Tangas! Isto veio em conversa num jantar, a que propósito não me lembro, e a conclusão a que chegámos foi: é uma coisa muito bardajona essa de andar com os fios à mostra, quase que pendurados nas orelhas.

Eu pessoalmente, que me encolho cada vez que deparo com tal cenário, acho francamente mais sexy, se é isso que se pretende, uma blusinha ou outra coisa que acabe em -inha, assim mais pro discretinha.

Acredito que haja aí mais gente com problemas sérios com cadeiras sem costas. Quem me entende são as vítimas de perna grossa e cintura fina que andam sempre com as calças pelos quadris, que alegam não gostar muito de cintos e cujos rabos gostam de andar à vontade!


Perdoai, senhores, qualquer coisinha!


3 comentários:

Tânia disse...

Infelizmente par mim à muita gente que tem problemas em usar cintos, deve ser por se sentirem apertadas... :)

Eu disse...

Eu tenho esse tipo de problemas! ;)

beijinhooo

Anónimo disse...

Ora aí está mais um código da linguagem que manifesta a interacção dos indivíduos na Sociedade, e cada um cria o seu próprio código, a sua etiqueta!
Perdoai, senhores, qualquer coisinha!